Terminou em beleza

Terminou em beleza, no Autódromo do Estoril, o Troféu Nacional de Motos Clássicas Fuchs Silkolene. O sol ajudou, os pilotos compareceram em bom número, deram o seu melhor em pista e a confraternização foi, como sempre, excelente

Esse bom ambiente nas boxes foi a tónica predominante ao longo de todo o Troféu, com uma ajuda permanente de todos aos pilotos em apuros com as suas máquinas. Podemos afirmar, com toda a segurança, de que o objectivo da Comissão de Motos Clássicas de fazer do Troféu um encontro de amigos foi plenamente atingido. Para além disso tivemos um Troféu animado em todas as provas, com disputas interessantes para os primeiros lugares em todas as corridas, o que veio trazer um dinamismo que esperamos aumente ainda mais em 2012.

Se o calendário começou no Estoril com uma prova extremamente molhada, em que foi necessário até interromper um dos treinos por excesso de água na pista, terminou agora no mesmo local com temperaturas de verão, totalmente fora do comum para Outubro. Será que o S. Pedro se tornou adepto das motos clássicas?

Este foi também o primeiro Troféu com um patrocinador próprio, os lubrificantes Fuchs, que muito nos prestigiou. Este patrocínio veio ajudar financeiramente os pilotos na obtenção da licença desportiva, tanto aqueles que a tiraram junto da FMP, como também os nossos colegas espanhóis com licenças da RFME. Para 2012 contamos de novo com o apoio da Fuchs Silkolene, em moldes ainda a estabelecer, mas que esperamos sejam ainda mais interessantes para ambas as partes.

A presença de um cada vez maior número de jornalistas a disputarem o Troféu, vai certamente servir para uma divulgação da modalidade melhor e mais abrangente. No Estoril, no final das corridas, jornalistas das revistas MotoJornal, Motociclismo e MCV tiveram a oportunidade de testar algumas das motos concorrentes. Esperamos que os seus artigos, divulgando esta interessante modalidade, animem mais alguns pilotos a tirarem o pó às suas motos e a virem juntar-se a este grupo, que os acolherá seguramente com toda a amizade e carinho. Para além dos jornalistas, também o piloto de Superbike André Carvalho teve oportunidade de testar duas das Yamahas TZ presentes, uma experiência que o deixou muito satisfeito. Já agora vale a pena mencionar que o André é 10 anos mais novo do que as motos …

A Comissão de Motos Clássicas agradece à Fuchs Silkolene, ao MCE, CAM e AIA, aos pilotos e mecânicos e a todos os amigos que nos animaram nas boxes durante as provas, toda a colaboração, dedicação e amizade que mostraram ao longo do ano. Esperamos para 2012 poder fazer ainda melhor com a ajuda de todos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *